(44) 3236-8000

secretariafap@iap.org.br

A relevância da sustentabilidade na formação profissional do administrador.

Você já parou para pensar na importância da sustentabilidade na formação de um estudante de administração?

Sustentabilidade basicamente significa a possibilidade de crescimento econômico e material sem agredir o meio ambiente. Sendo assim, é indiscutível o fato de o administrador ter um papel fundamental na sustentabilidade que é, levar sua empresa ao crescimento utilizando recursos naturais e outros benefícios que não agridam a natureza.

Há várias formas de fazer isso, como por exemplo: dar preferência a fornecedores comprometidos com questões ambientais, criar embalagens recicláveis, incentivar hábitos sustentáveis no seu ambiente de trabalho, entre outras iniciativas.

O mercado tem buscado cada vez mais por profissionais com uma visão aprofundada sobre este tema. É aí que entra o papel da universidade, conscientizando e preparando estudantes para o campo de trabalho. Formando administradores capacitados para serem articuladores nesta transformação, conhecendo e dominando o papel empresarial e social da corporação.

Movidos por esta intenção, a Faculdade Adventista do Paraná já no primeiro período do curso de administração trabalha a disciplina: Projeto Integrador I – Sustentabilidade. No conteúdo prático o aluno planeja, organiza, dirige projetos e promove oficinas educativas sobre sustentabilidade e reciclagem de resíduos sólidos.

“É fundamental, criar projetos já na faculdade. Isso possibilita que os administradores em formação desenvolvam um olhar mais generalista. Nem todos vão ser gerentes de sustentabilidade, esse cargo já existe. Mas todos precisam saber qual a relação com cada área da organização e como todos os departamentos podem trabalhar de forma mais sustentável. Quando falamos de marketing verde, logística reversa, responsabilidade social, diminuição de uso de papel estamos falando de sustentabilidade. Saber criar projetos que motivem as organizações para a sustentabilidade é fundamental. Se os alunos vivenciam isso enquanto estão em formação e sabem sua importância serão atores sociais engajados na promoção desses projetos quando forem líderes de suas próprias equipes ou empresas.”

Lídia ressalta que atualmente se fala muito em ESG: “ESG – Environmental (Ambiental), Social (Social) e Governante (Governança), é o conceito mais moderno na área. A “Governança” é a grande novidade neste contexto, porque vai além do financeiro, abarca de uma vez por todas a questão da transparência, das práticas anticorrupção e o interesse de todos os stakeholders (sociedade, acionistas, governo, fornecedores, clientes, funcionários). Ademais, existem os selos e as certificações que os profissionais devem estar atualizados. Aqui na região norte do Paraná surgiu um novo selo recentemente Selo ODS – ACIM, é uma certificação nova e que tem importância regional. Mas existem outros como a Empresa B, ou mesmo as mais tradicionais como a ISO 14.001 – Gestão Ambiental ou a ISO 26.000 – Responsabilidade social (abarca a sustentabilidade de forma ampla).”

1 comentário em “A relevância da sustentabilidade na formação profissional do administrador.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

×